10/11/2017

Contra a reforma trabalhista, 20 mil ocupam Praça da Sé, em São Paulo, e decidem novas paralisações

Fonte: CUT / Vanessa Ramos e Rafael Silva